Líderes do GPB Pastagens promovem avaliação entre seus participantes

Prova teve como objetivo saber se os membros do grupo estavam realmente atentos aos assuntos debatidos; resultado da avaliação virou material informativo que beneficia a pecuária como um todo

A fim de aumentar a participação e atenção dos integrantes, os líderes do grupo temático GPB Pastagens, do GPB - Associação Grupo Pecuária Brasil, promoveram recentemente uma avaliação entre seus participantes. Funcionou assim: foi reunido o conteúdo publicado no grupo do WhatsApp nos últimos 20 dias e formuladas 10 perguntas para serem respondidas por cada um dos participantes.

Surpreendentemente, 100% dos membros - oriundos de nove estados brasileiros: RS, SP, MT, MS, PR, MG, PA, BA e GO - responderam ao formulário e, ainda, mostraram que estavam realmente atentos aos assuntos debatidos no grupo. Haja vista que todos responderam às perguntas de forma correta. "Os grupos temáticos do GPB existem para mostrar que o WhatsApp não é só para entretenimento, mas também fonte de informação, de muito aprendizado. Um grupo bem tocado, com foco, só tem a agregar para todos", ressalta Beto Zillo, um dos administradores do grupo.

Depois da avaliação, as respostas foram reunidas em um documento, que, certamente, irá beneficiar não só o grupo, mas a pecuária como um todo. Afinal, as informações deste material incluem: variedade de capim mais indicado para a tropa, tratamento biológico de pragas, pastejo DIFERIDO e ROTATÍNIO, morte do branquiarão-marandu, melhor combate ao ataque da cigarrinha, método de manejo de pastagens e combate do Amargoso.

Além disso, entre as perguntas foi solicitado a indicação de um profissional para passar um dia respondendo a todos sobre pastagens no grupo. Ele entraria no período da manhã e sairia no final da tarde. Os campeões de indicações foram Moacyr Corsi e Adilson Aguiar, entre outros citados. "A ideia agora é viabilizar a vinda de um profissional pra passar o dia conosco trocando ideias, experiências e ensinamentos. O intuito dessa avaliação foi apenas fazer com que o grupo fique coeso, colaborativo de muito aprendizado por parte de todos, e que este grupo se fortaleça cada vez mais. Aprender para ensinar. Ensinar para aprender", finaliza Zillo.

Dicionarês do GPB Pastagens

Além do material informativo criado a partir da prova entre os membros do GPB Pastagens, os líderes do grupo ainda criaram um dicionário com as principais terminações comentadas. Ou seja, como o setor é repleto de nomes e siglas diferentes, o Dicionarês do GPB Pastagens - como foi nomeado -, tem como objetivo ajudar todos os integrantes do grupo a acompanharem, por igual, os assuntos debatidos.

Isso independentemente de formação acadêmica, tempo de atividade, etc. Por exemplo, o dicionário reúne os nomes das variedades de gramídeas citadas entre as conversas no grupo, bem como pragas das gramíneas e siglas constantemente citadas.

Caso você tenha interesse em ter acesso a um destes materiais informativos elaborados, seja o resumo da Prova 1 do GPB Pastagens ou o Dicionarês, basta entrar em contato com Associação pelo site, clicar na aba "Contato" e enviar uma mensagem. Em seguida, um dos representantes do GPB irá entrar em contato para enviar o material.

Instagram: @gpb_oficial | Facebook: grupopecuariabrasil | Youtube: Canal GPB - Grupo Pecuária Brasil

Por Agrovenki
Crédito da foto em destaque: Divulgação/Pexels

Leia outras notícias no Blog do GPB